quarta-feira, 14 de agosto de 2013

[Livro] A Seleção


NADA DE PLAGIAR, REBLOGAR OU COPIAR AQUI NESTE BLOG! É CRIME!

Oi gente!
 E aí, pessoal do fundo? Como estão a correr as férias de Verão? Tudo a curtir na praia?
 Hoje venho falar-vos de uma série de livros, chamados "A Seleção", de Kiera Cast.
 Para quem está numa maré de distopias, vai gostar deste livro, palavra de escritora/leitora.
 Preparados? Ok!

A Seleção


 A história passa-se num futuro em que a China tomou posse do mundo, aproximadamente daqui a trezentos anos - bem, com o dinheiro que a China tem hoje, eu diria que não falta muito XD para aí uns setenta anos. A América tornou-se no estado americano da china, e recentemente Íllea. E para a maioria das raparigas, a seleção é a oportunidade de uma vida. É a oportunidade de competirem com mais trinta e cinco mulheres - de dezasseis a vinte anos, vindas de todas as partes - pela coroa e pelo coração do príncipe Maxon; bem como se livrarem de uma vida miserável que lhes foi imposta ainda no berço. Com vestidos maravilhosos, jóias magníficas, um castelo só delas e a chance de serem rainhas.
 Mas para a America Singer, vinda da Casta Cinco - como chamam aos países - estar na seleção é o concretizar de um pesadelo. Porque isso significa deixar o homem por quem ela está apaixonada, deixar a sua casa e a sua família, lutar com outras mulheres por uma coroa que ela não quer, e viver num palácio que está constantemente a ser atacado por rebeldes. 
 Só se quando ela conhece o príncipe e os dois formam uma aliança, ela começa a duvidar do que realmente quer. 


   Então é, não amam a sinopse? Eu fiquei pessoalmente "Querida, se não queres a coroa deixa-me lá ir eu que eu quero!", porque ok, ela ama um outro homem e tudo mais, mas que mal tem divertir-se um bocado?! 
   A sinopse do segundo também é muito boa, mas eu sinceramente preferi a do primeiro livro, porque OK...

 A Seleção começou com trinta e cinco mulheres. Agora restam apenas seis, e o grupo ficou reduzido à Elite. Singer continua muito insegura sobre como se sente, e quem ela ama realmente. Quando está com Maxon, ela é arrebatada e perde-se por ele. Mas quando vê o seu ex namorado a trabalhar como guarda para a proteger, no palácio, ela sente que é nele que ela verdadeiramente encontra a segurança de que precisa. Só que as outras cinco sabem muito bem o que querem, e Singer está prestes a perder a sua chance. E quando finalmente se decide, uma perda devastadora fá-la pensar novamente, e ela fica outra vez em dúvida. E com os ataques cada vez mais frequentes dos rebeldes, que pretendem derrubar a monarquia, parece que não vai ser possível nenhum final feliz nesta história.


   Viram? Muito suspense, mas não sei, preferi mil vezes a do primeiro livro - taçvez porque a do segundo conta MUITA coisa do que vai acontecer. 
    E para quem está curiosa e que quer ler os livros, há ainda o terceiro livro, que pelo que sei, ainda não saiu. Chama-se The One e tem apenas duas linhas de apresentação.

 Singer precisa de decidir se ela é realmente a One - aquela com quem Maxon vai casar - ou se ela vai para casa, para o seu antigo namorado.

   Vêem? Só isto.
   Mas há uma boa notícia para quem é fã!
   Parece que A seleção vai virar série! Isso mesmo! E vai estrear, provavelmente, em 2014! Well, eu fiquei feliz com a notícia, porque quando transformam livros em filmes, geralmente cortam cenas que a gente ama, e reduzem 300 páginas numa hora e meia e isso é - hugh. Mas quando tornam livros em séries, podem se focar mais nos pormenores, dar mais tempo de antena a certo momento e até acrescentar cenas! Não fiquem com essas caras de quem diz - mas eu gostei do livro tal como ele era!, porque isso não é verdade! Não me refiro a cenas enormes e que podem mudar todo o rumo da série e até o final, mas pequenas coisas, como um beijo e assim...
   Vejam só as imagens que deliberaram da série:

America Singer, a protagonista






   E curiosidades: quem vai escrever o guião vai ser a mesma mulher que escreveu o guião de The Vampire Diaries! Ah! Eu acho que vai ser simplesmente brutal, e vocês?

3 comentários:

  1. Só para meter nojo: Queres os livros em inglês?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não obrigada, já os tenho em português, mas obrigada pela preocupação! A sério! Super feliz de saber que te interesses assim tanto por mim!

      Eliminar